quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Viaduto Marginal Pinheiro


Prefeitura realiza concretagem da viga do pilar que rompeu no viaduto da Marginal Pinheiros 

 



Viaduto cedeu há exatos dois meses; estimativa é que os trabalhos no local sejam concluídos em 4 meses

13:24 15/01/2019

De Secretaria Especial de Comunicação


O prefeito Bruno Covas e o secretário municipal de Infraestrutura Urbana e Obras, Vitor Aly, vistoriaram nesta terça-feira (15) o andamento das obras no viaduto da Marginal Pinheiros e acompanharam a concretagem da viga do pilar que rompeu. O viaduto cedeu há exatos dois meses e a Prefeitura de São Paulo vem trabalhando para devolvê-lo à cidade o mais rápido possível, sem abrir mão de atender a rigorosas normas de segurança.

“Iniciamos hoje a recuperação de um dos pontos mais críticos do viaduto. Tudo segue dentro do cronograma e não há expectativa de prorrogar o prazo que foi dado inicialmente”, disse o prefeito Bruno Covas.

As obras realizadas pela Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB) chegam à fase de recuperação da viga que cedeu (transversina). Além da concretagem, estão sendo reformados os dois pilares e construídos outros, para apoio. A estrutura da pista também está sendo recuperada em dois pontos. A previsão é que os trabalhos sejam concluídos em quatro meses.

Histórico

Poucas horas após o incidente, no dia 15 de novembro de 2018, foi iniciado o escoramento de 120 dos 200 metros da parte da pista (tabuleiro) que cedeu. Todos os esforços de engenharia ficaram voltados para preservar a estrutura do viaduto. Ao lado do pilar sobre o qual a pista cedeu, foi feito outro de apoio, com três macacos hidráulicos, para aliviar o peso do tabuleiro.

Após 15 dias foi iniciada a bem sucedida operação para que fosse reerguida a estrutura. O processo, conhecido na engenharia como macaqueamento, foi concluído uma semana antes do previsto.

Foram utilizados seis macacos hidráulicos, cada um com capacidade para erguer 300 toneladas. A instalação dos equipamentos foi feita sobre um bloco de reação apoiado em dez estacas. Trabalharam na operação 60 operários e engenheiros da JZ Engenharia, empresa contratada em caráter emergencial para as obras do viaduto; 17 engenheiros, técnicos e topógrafos da São Paulo Obras (SPObras), responsável pelo gerenciamento da obra. Quatro técnicos da CPTM acompanharam a operação, já que durante o macaqueamento a linha 9 Esmerada teve a circulação de trens interrompida, para garantir a segurança dos usuários.

Mobilidade
A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) interditou a pista expressa da Marginal Pinheiros, sentido Castelo Branco, desde o dia 15/11/2018, para obras de recuperação.

Atualmente, apenas 2,9 km da pista expressa continuam totalmente bloqueados no sentido Castello Branco da Marginal, entre o Parque Villa Lobos e o acesso à Rodovia Presidente Castello Branco, próximo ao CDP de Pinheiros.

Além das intervenções na Marginal, outras ações foram tomadas pela Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes:

- A CET reforçou a equipe de agentes de trânsito ao longo da Marginal Pinheiros. Na cidade há faixas de vinil e painéis móveis de mensagens variáveis orientando os motoristas sobre a interdição;

- A SPTrans reforçou as equipes de fiscalização das faixas exclusivas de ônibus;

- Rodízio municipal de veículos liberado na Marginal Pinheiros, sentido Castello Branco, entre a Avenida dos Bandeirantes e a Ponte dos Remédios. A medida favorece motoristas que já estão saindo da área de vigência do rodízio, para que não sejam autuados, caso se vejam retidos numa eventual lentidão;

- Acordo com a Ceagesp para antecipação em três horas da abertura dos portões para os caminhões, criação de novas entradas e ampliação de cinco para 11 a quantidade de faixas de acesso de caminhões ao Entreposto; e implantação de mão-dupla de direção na Rua Xavier Kraus;

- Reunião com taxistas que aceitaram oferecer desconto de 40% em corridas solicitadas pela plataforma SPTaxi que tenham origem ou destino na área afetada pela interdição. Liberação da circulação de táxis sem passageiros em três corredores exclusivos de ônibus, enquanto durarem as obras. Criação de cinco bolsões de estacionamento para embarque e desembarque de táxis em locais próximos aos trechos mais críticos e nas proximidades de estações e terminais de transporte público, para facilitar a integração entre modais;

- Os aplicativos passaram a oferecer alternativas para auxiliar os deslocamentos da população durante o período de interdição da pista expressa da Marginal Pinheiros;

- Manutenção da faixa exclusiva para ônibus na Marginal.

É importante destacar que os agentes da CET mantêm plantão de 24 horas todos os dias da semana, para acompanhar o comportamento do trânsito e oferecer melhores condições de tráfego aos usuários da via.

 

sábado, 10 de novembro de 2018

São Paulo, GRANDE!


Razões para visitar



São Paulo é uma metrópole multifacetada. Ao mesmo tempo em que é o mais importante centro econômico do Brasil, é a capital da cultura na América Latina, com uma oferta de lazer, conhecimento e entretenimento sem igual. Uma metrópole tipicamente urbana, coberta com uma vasta área verde.

Uma cidade vanguardista e inovadora, que preserva na arquitetura, nas artes e na gastronomia um passado composto pela união de mais de 70 nacionalidades. E, ao mesmo tempo em que preserva tradições, não se deixa ultrapassar. Antenada é a palavra certa para descrevê-la. Para conhecê-la melhor é preciso apenas duas coisas: mente aberta e disposição para mergulhar de cabeça nessa cidade que nunca dorme.

Atrações culturais
O mundo das artes e espetáculo também ferve em São Paulo. Centro cultural da América Latina, São Paulo possui 101 museus, 282 salas de cinema, 146 bibliotecas e cerca de 40 centros culturais, além das inúmeras festas populares e feiras que acontecem em suas ruas. Além disso, a cidade possui 182 teatros. São espaços para a montagem de espetáculos de todas as linhas artísticas, que vão das superproduções dos musicais da Broadway ao teatro de vanguarda.

Gastronomia diversa
Gastronomia riquíssima e diversificada. Isso é o que se encontra em São Paulo. A cidade reúne alguns dos melhores restaurantes da América Latina e do mundo, entre seus mais de 15 mil restaurantes e 20 mil bares. Há opções nacionais e internacionais, que atendem a todos os bolsos. Além da culinária de 52 países, São Paulo é famosa pelos food trucks e “feirinhas gastronômicas”, que hoje tomam as ruas da cidade.

 Food Truck. Foto: Divulgação.

Vida noturna agitada
A vida noturna em São Paulo é um retrato fiel da cidade: frenética, criativa e democrática. Em 2014, o colunista Mark Manson, da CNN, elegeu a capital paulista como um dos dez melhores locais do mundo no que se refere a festas, baladas e demais diversões noturnas. São Paulo foi a única cidade brasileira a ser apontada na lista. Tem espaço para todos, desde sertanejo, R&B (Rhythm and Blues), rock e samba, até música eletrônica, pop e forró. Vila Madalena, Itaim Bibi, Vila Olímpia, Centro e Barra Funda são alguns dos bairros mais frequentados por quem gosta de aproveitar a noite na capital.

São Paulo é diversidade!
São Paulo é o maior destino LGBT do Brasil e um dos mais reconhecidos do mundo. A cidade tem uma das maiores Paradas do Orgulho LGBT do planeta e foi eleita o melhor destino gay do mundo pelo site internacional GayCities.com. Possui uma infinidade de locais que estão de braços abertos à diversidade, entre festas, bares, restaurantes, cafeterias, lojas e outros estabelecimentos gayfriendly.

Cidade dos Geeks e Nerds
Além de reunir as mais diversas nacionalidades, culturas e tribos urbanas, São Paulo é também o maior reduto geek e nerd em território nacional. O número de aficionados por este curioso universo cresce a cada dia e há sempre novidades relacionadas ao tema. Para os fãs dessa cultura, a cidade é um paraíso. Aqui é possível encontrar desde ruas de comércio de equipamentos de tecnologia e lojas de produtos pop, até galerias de arte voltadas ao desenho e ilustração, além de dinossauros mecatrônicos, museus interativos, uma variedade de lojas e bares temáticos, bibliotecas especializadas em gibis e mangás, megaeventos de cinema, informática e games, além de alternativos encontros dos grupos de cosplays, jogadores de RPG (Role Playing Game) e de swordplay – combate que mistura artes marciais e luta com espadas.

Geek House. Foto: Divulgação.

O maior centro de compras do país
A capital paulista é o principal destino para turismo de compras no país, com opções luxuosas e centros de compras super acessíveis. São mais de 50 shoppings centers e cerca de 60 ruas de comércio temático, que vão de eletrônicos a lustres. Um dos endereços mais charmosos de São Paulo é a rua Oscar Freire. São mais de 200 lojas de renomadas grifes nacionais e internacionais. Se o intuito é garantir boas pechinchas, há a Rua 25 de março, o maior conglomerado comercial popular a céu aberto da América Latina, com mais de três mil lojas. Também na região central, o Bom Retiro e o Brás são bairros fortes em confecções. E no Itaim, na Rua João Cachoeira, e em Moema, na Rua Bem-Te-Vi, estão algumas pontas de estoque excelentes.

Natureza, animais e áreas verdes
Mesmo sendo o maior centro econômico do Brasil, e uma metrópole predominantemente urbana, São Paulo preserva suas áreas de contato com a natureza, onde é possível praticar esportes, passar um tempo ao ar livre e conhecer diversas espécies de animais. Alguns desses lugares são o Zoológico de São Paulo, o Aquário, o Instituto Butantan e os 111 parques espalhados pela cidade, como o Ibirapuera, o da Juventude, da Água Branca e o Parque Estadual da Cantareira.

 Instituto Butantan. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

Polo de Ecoturismo
A quase 50 quilômetros do centro da cidade de São Paulo é possível encontrar um cenário com muita área verde, atrativos turísticos e vivência com a natureza. No local, que fica no extremo sul do município, é possível encontrar cachoeiras, parques, aldeias indígenas, centros ecumênicos, mirantes e até um borboletário.

Borboletário do Polo de Ecoturismo de São Paulo. Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

A área que abrange o território das subprefeituras de Parelheiros e Capela do Socorro inclui também uma parte do Parque Estadual da Serra do Mar, patrimônio natural brasileiro, e as duas Áreas de Proteção Ambiental (APAs) da cidade, chamadas de Bororé-Colônia e Capivari-Monos que, juntas, ocupam 25% do território municipal. Sob o nome registrado como Polo de Ecoturismo de São Paulo, o objetivo da administração municipal é garantir a preservação da região e ao mesmo tempo promovê-la como centro turístico de modo sustentável.

Capital Pet friendly
Em São Paulo, os pets também se sentem em casa. Hoje, já são diversos pontos na cidade que não só aceitam a companhia dos animaizinhos, como oferecem produtos especiais para eles, como a sorveteria Le Botteghe di Leonardo, que criou o sorvete Peppino, especial para cães. Além disso, em março de 2015, a Prefeitura sancionou uma lei que autoriza a presença de animais domésticos de pequeno porte (em caixas próprias para transporte) dentro dos ônibus municipais. São os bichinhos conquistando seu espaço na cidade! Há também inúmeros hotéis preparados para receber esses tão queridos membros das famílias.


Foto: José Cordeiro/ SPTuris